“Bem aventurados os pobres em espírito, porque deles é o Reino dos Céus” (Mt5,3)

Deus nunca aceitou pessoas orgulhosas, o Reino de Deus é dos humildes. Deus rejeita a sabedoria dos homens carnais e abre as portas para os humildes. O orgulho é o oposto do que o Senhor quer que sejamos. O orgulho começa no coração e vai mudando nossos pensamentos e sentimentos e faz nosso olhar se voltar para nós mesmos e para lugares de honra onde podemos estar.

CHAMADO A HUMILDADE
O Senhor nos chama incansavelmente a sermos humildes, a caminhar junto com a humildade “Foi-te anunciado, ó homem, o que é bom, e o que Iahweh exige de ti: nada mais que praticar o direito, gostar do amor e caminhar humildemente com o teu Deus” (Mq 6,8). Ou andamos com Deus ou não. O orgulho impede nosso entendimento da verdade, impede de reconhecermos nossos erros, por exemplo, Saul tentou se desculpar foi orgulhoso e não aceitou o seu erro, foi desobediente e Deus não aceitou suas desculpas, perdeu a unção. O mesmo acontece quando perdemos a humildade após já ter tido experiências com o Senhor. Pessoas orgulhosas não são muito confiáveis para liderar o coordenar algo, pois nunca estão abertas a correções e conselhos, estas pessoas estão mais próximas de cair “Aquele que se exaltar será humilhado, e aquele que se humilhar será exaltado” (Mt 23,12). As pessoas orgulhosas também têm dificuldade em perdoar, são facilmente ofendidas, sempre se colocam em condição de vítima, e assim dificulta receber o perdão de Deus “… perdoai nossas ofensas como nós também perdoamos aos que nos ofendem…”

HUMILDES COMO JESUS
Jesus foi humilde porque “Ele tinha a condição divina, e não considerou o ser igual a Deus como algo a que se apegar ciosamente. Mas esvaziou-se a si mesmo, e assumiu a condição de servo, tomando a semelhança humana. E, achado em figura de homem, humilhou-se e foi obediente até a morte, e morte de cruz! (Fp 2,6-8). Ele não era criatura, mas sim o próprio Deus. Nós somos chamados “a ter os mesmos pensamentos de Cristo” (Fp 2,6), quem não os busca está longe de viver o cristianismo. Por mais dons que tenhamos, por mais sábios que sejamos, é tudo por graça de Deus, sem a graça de Deus estamos fora do Reino de Deus, não temos salvação. Jesus não se apegou a sua divindade, mas sim ao plano de Deus, ao plano de salvação que Ele teria que realizar.

A VIDA NO ESPÍRITO
E somente quando buscamos ao Senhor através da comunhão, oração e da Palavra que o Espírito Santo nos revela a humildade. Satanás foi expulso do Reino de Deus por causa do orgulho. Nós, quando não deixamos ser guiados pelo Espírito Santo, não oramos, nos tornamos vítimas do orgulho. Os orgulhosos tentam se apresentar como pessoas seguras e cheias de razão, mas na verdade são pessoas inseguras, não sabem o que fazer, pois são incapazes de escutar do Espírito. Pessoas orgulhosas tem dificuldade em se relacionar com outras pessoas, pois os orgulhosos sempre se julgam melhores e tentam alcançar seus próprios alvos. São Paulo nos exorta “não fazer nada por competição e vanglória, mas com humildade, julgando cada um os outros superiores a si mesmo, nem cuidando cada um só do que é seu, mas também do que é dos outros” (Fp 2,3).

O REMÉDIO
Não basta somente pedir para Deus para ser humilhado, é através de oração e provação que somos moldados. É um processo doloroso, tem que vir de uma decisão que vai sendo transformada em ação. A humildade não é algo exterior, nem algo forçado, é uma virtude para Deus. Deus não deseja falsa humildade. Humildade não é negar as qualidades, habilidades, dons… É reconhecer que tudo o que temos e somos vem de Deus, tudo é graça de Deus.

Nossa carne é sempre voltada para o orgulho. O orgulho é algo carnal, somente através do Espírito encontraremos a humildade. Um grande passo para a humildade é reconhecer nosso orgulho. A humildade é alimentada pela sabedoria de Deus.

João Batista disse “que Ele cresça e eu diminua” (Lc 7, 28) e Jesus disse que não havia homem maior que ele. Ele se humilhou e foi exaltado pelo Senhor. Seremos humildes se não nos apegarmos a nossas idéias, nossos propósitos, nossos desejos. O humilde tem uma graça especial perante Deus. A humildade é o que nos atrai a Deus, é que faz portas espirituais serem abertas em nossas vidas. Mais do que talento, capacidades, ousadia, o que atrai os olhos do Senhor sobre um servo é a humildade.

por Nádia Taboas | do SacraMusic
Publicado no SacraMusic originalmente em 20 de junho de 2007

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

Notify of
avatar
wpDiscuz